MONARQUIA PARA INGLÊS VER

A MORTE DE ELIZABETH II FAZ DIFERENÇA NA PRÁTICA?


O poder na Grã-Bretanha de hoje não está nas mãos da rainha. Ou não estava, agora que ela morreu. Assim como também não está sob controle de representantes eleitos. 

A Rainha Elizabeth II era a atual chefe de estado do Reino Unido. Isso significa que era ela que oficialmente nomeava os ministros de Estado, convocava o Parlamento, sancionava as leis e era também a comandante chefe das forças armadas. O regime é monárquico, mas o funcionamento do sistema político é parlamentarista, portanto, o Primeiro-Ministro governa enquanto poder executivo, o Parlamento legisla e os juízes atuam no judiciário. A monarquia transmutou-se definitivamente em um símbolo. Ou seja, na prática, quem controla o poder é a classe capitalista, os que enriquecem à custa do resto do povo. 

A realeza age como um símbolo de classe. Sua utilidade está na participação em missões comerciais e como atração turística ajuda a manter a imagem do sistema britânico de classe como coisas corriqueiras, “normais”. A monarquia nada mais é que, um levante de relações públicas em favor do capitalismo britânico

Os governantes, políticos e a mídia ainda encorajam, não somente a sua população, mas o mundo, a olharem a realeza com respeito, temor e glamour. Se o povo venera os seus supostos superiores dessa maneira, significa que são menos tentados a tomar medidas contra as condições sob as quais vivem. Espera-se que a lealdade à monarquia unifique o povo inglês como uma família que estaria de certa forma acima da política, unidos como britânicos, não importa a que classe pertençam. Pura “balela”. 

Tanto é algo ultrapassado nos dias atuais que, a popularidade da monarquia caiu de tal forma que a realeza teve que se adaptar. A rainha concordou em pagar imposto de renda - utilizando o dinheiro do povo, claro -, e turistas foram autorizados a visitar o Palácio de Buckingham. Porém não é de graça, se faz necessário pagar uma taxa. 


Para falar a verdade pessoal, com todas as mudanças no mundo, o que ainda mantém a família real é a cultura forte do povo Britânico que, no fundo, apesar de entender a insignificância desse sistema, e que o funcionamento não é real, preferem assim por ser glamoroso em relação ao mundo e se destacarem como um povo distinto. Até por que, os pobres proletariados desse país vivem uma realidade bem diferente dos demais mundo a fora, pois mesmo sendo pobres têm vidas dignas de um povo bem sucedido.

Por esse motivo o meu título deste post, monarquia para Inglês ver, pois na realidade dos fatos, é apenas isso que sobra.

CONHEÇA MEU PROJETO SOCIAL COM E-BOOKS GRATUITOS




CONHEÇA TAMBÉM MEUS LIVROS






PUBLICIDADE

PUBLICIDADE