1 DE MAIO: DIA DE LUTAR PELA VIDA DA CLASSE TRABALHADORA.

 COMEMORAR AS CONQUISTAS E LUTAR CONTRA OS RETROCESSOS


A data de 1 de maio, marca a luta e resistência contra a exploração e opressão de homens e mulheres que viviam de sua força de trabalho. Nos EUA, em 1886, houve uma greve de operários(as), que culminou em muitas mortes através da repressão a essa manifestação. 

Ou seja, 1 de maio celebra o dia internacional do trabalhador(a) e tudo começou como homenagem a esses(as) operários(as) mortos(as).

Dito isso -que nunca é de mais lembrar-, precisamos hoje, no Brasil, não apenas


celebrar nossas conquistas e homenagear o trabalhador, mas refletirmos para todas as mudanças que ocorreram em pouco tempo e continuam ocorrendo, sempre em desfavor do trabalhador, desde que esse governo (federal) assumiu. Refletir, vigiar e lutar contra esse revés de conquistas do trabalhador que hoje ocorre no Brasil. 

Começaram a destilar ódio na população e com isso a desunião do povo e em especial do próprio trabalhador, que hoje encontra-se dividido por falta de conhecimento e atenção, das manipulações ideológicas por parte da burguesia.

Vamos denunciar a reforma administrativa proposta por um governo genocida, exigir nossos direitos e com isso a criação de renda básica, investimento nas políticas sociais e medidas de criação e preservação de empregos com salários e condições dignas e mais importante, a segurança do trabalhador.





PUBLICIDADE

PUBLICIDADE